Executivo
Presidência
Ministério Público
Ministério a Comunicação
Ministério da Cultura
Ministério da Educação
Ministério da Justiça
Ministério da Saúde
Ministério do Trabalho
Ministério do Transporte
Ministério do Turismo
Ministério do Exército
Ministério da Marinha
Ministério da Aeronâutica
Polícia Federal
Receita Federal
Legislativo
Senado
Câmara dos Senadores
Judiciário
Justiça Federal
Supremo Tribunal Federal
Supremo Tribunal de Justiça
Tribunal Superior do Trabalho
3° Poder
Maçonaria
Ordens Honoríficas
UNICEF
UNESCO

ONU
Simbolos e Bandeiras
Galeria de Fotos
Selo Elo Social
depoimentos
Apoios e Parocínios
Doações
Sugestões
Twitter
poder
super
convenio
comenda
cursos
trofeu
fale
comu
you
Executivo

Ministério Público
Ministério Público
Ministério Público
Ministério Público
Ministério Público
Ministério Público
Ministério da Justiça
Ministério da Saúde
Ministério Público
Ministério Público
Ministério do Turismo
Ministério do Exército
Ministério da Marinha
Ministério da Aeronâutica
Polícia Federal
Ministério Público
Ministério Público
Ministério Público
Ministério Público
Ministério da Justiça
Ministério da Saúde
Ministério Público
Ministério Público
Receita Federal
Receita Federal
Receita Federal Receita Federal Receita Federal


A CESB – Confederação do Elo Social Brasil se rege pelo sistema federativo, possuindo uma Federação em cada Estado do território Nacional e associações em todos os municípios sendo certo que cada município que ultrapassar o numero Maximo de 3 (três) associações devera ser criada uma Federação Municipal com atribuições de gerir as associações daquele município.
O sistema federativo constitui um tipo de Estado composto que é divisível em partes internas e que são unidas entre si por um vinculo de sociedade.

A vocação histórica do Brasil para o federalismo surgiu, principalmente, em virtude de suas próprias condições geográficas já que a imensidão territorial que ocupa e suas condições naturais obrigaram a descentralização do poder exatamente para manter a pluralidade das condições regionais e o regionalismo de cada zona, tudo integrado na unidade nacional do federalismo.

Para o cumprimento dos fins do regime federativo adotado pelo Elo Social Brasil foi indispensável à criação de uma estrutura própria reconhecida atreves de nosso regimento devidamente aprovado em assembléia geral que visa evitar conflitos desagregadores do regime e por conseqüência a ruína do aparelhamento administrativo. Daí a importância da ordem jurídico-constitucional das competências regidas pela OMS – Ordem do Mérito do Elo Social.

Na verdade a questão não se subsume ao centralismo operacional, mesmo porque não haveria como gerir e administrar tantas associações e federações concentradamente diante das peculiaridades de um país tão heterogêneo e de dimensões físicas e populacionais tão grandes.

 

Movimento Passando o Brasil a Limpo Ouvidoria