Menos de 30 minutos para correr ao mundo a notícia de que o Elo Social oferece emprego a mensaleiros


Diferente dos hotéis de luxo e escritórios de advocacia que estavam oferecendo empregos com salários generosos para os encarcerados Delubio Soares, José Dirceu e Genuíno, o Elo Social ofereceu empregos compatíveis a situação penal que os mesmos estavam condicionados.


José Eugênio, o dono do hotel que ofereceu emprego a José Dirceu, era um auxiliar de escritório em uma empresa de advocacia que residia num bairro pobre na periferia da capital do Panamá.

Ninguém pode chamar este homem de “laranja”, pois, ele é um verdadeiro “acerola” com muito mais vitamina do que uma laranja. Quando indagado, José Eugênio disse não lembrar de ser proprietário da empresa, porém, consta que ofereceu salário de R$ 20 mil ao condenado do Mensalão José Dirceu.


No contrato social do hotel Saint Peter, Paulo Masci de Abreu, que ofereceu um emprego com salário de R$ 20 mil para o ex-ministro José Dirceu, apareceu como sócio minoritário com uma cota no valor de R$ 1. Todas as outras cotas que somam R$ 499 mil pertenciam a uma empresa estrangeira, Truston International INC, com sede na cidade do Panamá. De acordo com o registro público do Panamá, o presidente da Truston era um cidadão panamenho, José Eugenio Silva Ritter, o nome dele aparece abreviado.

Por telefone, Paulo de Abreu e o advogado de Raul de Abreu disseram que José Eugênio Silva Ritter era um empresário estrangeiro apresentado por meio de um advogado. Também afirmaram que a empresa prestava contas a José Eugênio regularmente.

Cargo justo e valor coerente ofertado pelo Elo Social aos “mensaleiros”


A diretoria do Elo Social entendeu que as vagas ofertadas aos criminosos mensaleiros pela instituição eram coerentes a situação criminal que os mesmos se encontravam, convívio com outros encarcerados em regime semiaberto, assim não seriam descriminados.

É claro, tomamos o cuidado de oferecer para Delubio uma vaga de trabalho longe do Caixa por apresentar compulsão em possuir dinheiro. Genuíno apresentava problemas de saúde, logo, o adequado foi uma vaga em sala individual e serviço leve, já a José Dirceu, um negociador nato, oferecemos uma vaga de gerente na fabricação de blocos.

Pessoas como eles não cansam de fingir demência e de tentar tirar proveito da “boa fé” dos brasileiros, já passou a hora de terem uma resposta à altura.

Escrito por: Jomateleno dos Santos Teixeira

Revisão: Jornalista Jaqueline Baltokoski de Meneses MTB0008815/PR


640 visualizações

Diretoria de implantação de projeto: Endereço: Rua Cecília Bonilha 145

Instituição responsável: Confederação do Elo Social do Brasil

São Paulo (Capital) - Telefone: +55 (11) 3991-9919

"Movimento Passando o Brasil a Limpo".

© 2019 - Todos os Direitos Reservados