Saiba porquê o Elo Social se recusa a receber verbas públicas


Entre 2013 e 2014, o projeto dos cursos de Cidadania ministrados pela CESB – Confederação do Elo Social Brasil caíra nas graças da Presidente da República Dilma Rousseff, a qual, determinou que o Ministério da Justiça através do DEPEN – Departamento Penitenciário Nacional atendesse em audiência o presidente da CESB Jomateleno dos Santos Teixeira.


Dentre os assuntos abordados na audiência, um deles era a possibilidade de o Elo Social receber o patrocínio financeiro da Petrobras para a realização dos cursos de Cidadania, conforme consta na imagem da Ata anexada a esta matéria.


Logo após a realização da audiência, foi aprovado o pagamento de patrocínio no valor de R$ 20 mil por palestra de Cidadania nos cursos que fossem ministrados pelo Elo Social em qualquer lugar do Brasil. Porém, o Conselho Deliberativo do Elo Social se manteve inflexível quanto a firmar qualquer tipo de parceria com o Governo.


Esta recusa se dá pelo fato de estarmos “calejados” pelo conhecimento dos escândalos que envolviam o desvio de verbas públicas através de supostas palestras realizadas com patrocínio da Petrobras, que, certamente poderiam vir a manchar o nome de nossa Instituição.


O Elo Social não aceita verbas públicas, nem patrocínios ou convênios com instituições governamentais, pois, entendemos que o que é construído na “areia” não tem como se firmar.

Escrito por: Jomateleno dos Santos Teixeira

Revisão: Jaqueline Baltokoski Meneses MTB0008815/PR

OFÍCIO APROVAÇÃO PETROBRAS

CÓPIA DA ATA DE AUDIÊNCIA MINISTÉRIO PÚBLICO – DEPEN



138 visualizações

Diretoria de implantação de projeto: Endereço: Rua Cecília Bonilha 145

Instituição responsável: Confederação do Elo Social do Brasil

São Paulo (Capital) - Telefone: +55 (11) 3991-9919

"Movimento Passando o Brasil a Limpo".

© 2019 - Todos os Direitos Reservados