top of page

Mamata das forças armadas poderá estar com seus dias contados


Por determinação da Presidência da República Federativa do Brasil através do ofício nº 1823/2023/DGI/GAGI/GPPR, datado de 25 de abril de 2023 o Ministério da Defesa receberá o Elo Social em audiência.


O projeto a ser apresentado é de tornar obrigatório que todos os menores infratores sirvam às forças armadas.


Esta é uma iniciativa da CESB – Confederação do Elo Social Brasil – visto que ficou muito fácil para as forças armadas garimpar na sociedade escolhendo só os jovens que as famílias deram uma educação ilibada, deixando aqueles que realmente precisam ser disciplinados à deriva e como um alvo fácil para a criminalidade.


Não se pode dizer que estaremos dando treinamento a possíveis criminosos. Não existe 100% de êxito em todos os projetos implantados, mas caso o jovem continue na criminalidade, será um sinal que a família falhou e as forças armadas falharam também.


Educar e socializar é uma responsabilidade dos pais, mas quando estes falham na infância e adolescência, cabe ao estado reparar essa falha, o que é feito através do conselho tutelar e da vara da infância e juventude, então por que não estender também essa responsabilidade para o estado? Já que o menor tornou-se infrator, está na hora do estado assumir.


65 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page