UMA REFLEXÃO SOBRE “VER PARA CRER OU CRER PARA VER”


O mundo pertence aos otimistas, sendo que os pessimistas são meros expectadores. Normalmente passam pela vida sem nunca ter ocupado uma posição de destaque. São tripulação ou figurantes na vida de outras pessoas. Sempre são contratados para trabalharem na realização do sonho dos outros porque não enxergam uma oportunidade de ocupar uma posição de destaque.

É exatamente o pessoal do “ver para crer” e não os que creem para ver.


Tudo que foi criado neste mundo foi criado por alguém que enxergou antes de existir, e sendo assim, as pessoas de sucesso congregam da tese do “crer para ver” e não “ver para crer”.


Não tem como existir um empresário de sucesso se não tiver praticado a política do crer para ver, afinal se não acreditasse antes de montar sua empresa não a teria montado.

Fuja de pessoas tipo São Tomé, pois elas podem atrasar a sua vida já que a delas normalmente já estão atrasadas.


São Tomé foi um grande apóstolo de Jesus Cristo. Um imenso homem, um coração bondoso, uma determinação de deixar todos de queixo caído, uma vontade de seguir Jesus em todos os momentos e circunstâncias, não tinha medo de pregar, não tinha medo de abandonar irmãos e família para seguir Jesus.

Enfim, foi um homem extraordinário.


Porém, ele tinha um defeito que todos conhecem bem, a falta de fé.

Ele dizia: “eu preciso ver para crer”. Mas será que é realmente assim que devemos pensar e agir? Será que não existe uma maneira mais eficaz de pensar a respeito da vida, do futuro, dos sonhos, das perspectivas, etc.? É claro que existe. Basta inverter essa famosa frase de São Tomé.


“Preciso crer para ver”. Vamos analisar bem essa frase. O que essa frase quer dizer? Aqui existe o grande segredo de tudo nessa vida. Tudo (quando digo tudo é TUDO mesmo) na nossa vida começa em nível de pensamento. Antes de fazer qualquer coisa, primeiro pensamos um pouco. Falar, andar, correr, tomar banho, comer, dormir. Para tudo existem mecanismos no nosso cérebro que levam as atitudes que fazemos. Mas tudo é tão normal e tão banal que a grande maioria das pessoas nem pensa nisso. É impressionante como a eficácia das nossas conquistas aumenta exponencialmente quando colocamos essa lógica na vida.


Por exemplo, você está estudando para o vestibular ou para um concurso. Muito, muito antes de você passar nesse concurso, você deve se imaginar passando no concurso. Se você não colocar na sua cabeça que aquela vaga é sua, bye, bye, meu amigo. Você pode ser o cara mais inteligente do mundo, pode ser um Einstein, mas você não vai passar.


Alguns podem até dizer que essa visão é pessimista, mas é verdade. Vejo pelo meu próprio exemplo, quando em 1.990, tive a ideia de criar o Elo Social. Dos 23 diretores que participaram comigo no desenvolvimento da ideia, todos me abandonaram quando disse em uma reunião que o projeto levaria 100 anos para ser implantado, e olhem agora, com 29 nove anos de trabalho e o projeto já está implantado em todos os estados do Brasil, chegando nos países da África e outros países do mundo. Se não tivesse praticado a política do “Crer para Ver” teria abandonado o projeto.


Outro exemplo está no campo dos relacionamentos. Uma pessoa diz para si mesma. “Nunca vou conseguir ninguém na vida”, “As pessoas não são confiáveis”, “O mundo não presta”, “As pessoas são falsas”, etc., etc. Acho que não preciso nem dizer o que vai acontecer com uma pessoa que diz esse tipo de coisa não é mesmo? Pois é. Existe sim uma pessoa que dá certo com você. Mas muito antes de essa pessoa dar certo com você. Você tem que dar certo com você mesmo. Se você não dá certo consigo, como é que vai dar certo com outra pessoa? Não dá, é simplesmente IMPOSSÍVEL. Mais uma vez está aqui o crer para ver. Primeiro você crê que vai encontrar uma pessoa para dividir sua vida e depois vai ver isso acontecer. Não é tão fácil assim, eu sei. É um processo que depende única e exclusivamente de você. Primeiro você muda o seu mundo, para que em seguida o mundo mude com você.


Lembre-se da brilhante frase dita pelo Gabriel, o Pensador: “Muda, que quando a gente muda, o mundo muda com a gente. A gente muda o mundo na mudança da mente. E quando a mente muda a gente anda pra frente, e quando a gente manda, ninguém manda na gente. Na mudança de atitude não há mal que não se mude, nem doença sem cura. Na mudança de postura a gente fica mais seguro. Na mudança do presente a gente molda o futuro”. É exatamente assim que acontece a nossa vida.


Portanto, meus diretores do Elo Social e amigos, vamos inverter a frase de São Tomé e começar a ver o resultado disso na nossa vida.


“Simples Assim”


Jomateleno 14/03/2020

244 visualizações2 comentários

Diretoria de implantação de projeto: Endereço: Rua Cecília Bonilha 145

Instituição responsável: Confederação do Elo Social do Brasil

São Paulo (Capital) - Telefone: +55 (11) 3991-9919

"Movimento Passando o Brasil a Limpo".

© 2019 - Todos os Direitos Reservados